domingo, 24 de novembro de 2013

Opinare...

Nesse mundo de informações tão rapidamente difundidas, o sonho da vida de muitos tem sido ser "formador de opinião virtual". O TEP (Tribunal Especial da Internet), instituição máxima do Ordenamento Jurídico Internacional, dita regras de comportamento de tal forma que chega a ser um acinte pensar em conceitos como "respeito", "escolha", "liberdade", "direito", "educação", "gentileza" etc etc etc.
Já pararam para ler aqueles comentários de "leitores" que fica no finalzinho de uma matéria? Eu confesso-lhes: minha vida ficou mais leve depois que adotei a postura de finalizar a leitura de uma notícia assim que o autor da postagem a encerra. É tanta maldade, tanto preconceito (por raça / orientação sexual / divergência religiosa / poderio econômico / pseudo intelectualidade) que dá até medo de pensar no nosso futuro...
Que dificuldade é essa que a gente tem de criticar sem desrespeitar, de discordar sem ser cruel? Que direito é esse que supomos ter de impôr ao outro como ele deve se vestir, a quem deve amar, em que Deus acreditar? 
Ao que parece, a "sociedade virtual" tem conseguido ser ainda mais desumana q a real...

Nenhum comentário:

Postar um comentário