sexta-feira, 30 de maio de 2014

Dois em um...

Um alimenta-me o espírito, o outro a fantasia;
Um protege-me das chagas, o outro da desilusão.

Um é sinal do sagrado, o outro da alegria;
Um é por devoção, o outro pela imaginação.

Um é clarão da noite, o outro brilho para o dia;
Um pede oração, o outro contemplação;

Um nutre-me de fé, o outro de amor...

Um ajuda-me a levantar, o outro a não desistir;
Um impulsiona-me a vida, o outro os sonhos a perseguir...



... e ambos reconstroem-me.

Nenhum comentário:

Postar um comentário