sexta-feira, 2 de maio de 2014

Resiliência...

Sim, aquela mesma estudada na Física...
Quando se trata de relacionamentos, que capacidade temos de voltar ao estado normal ao sofrermos alguma tensão?
Brigou com os pais? Quanto tempo até voltar a interagir nos assuntos da família?
Foi indelicado com um amigo? Quão grande é a demora até o abraço de desculpas e a piada sem graça?
Errou com o amor? Que prazo é necessário até que voltem a acreditar no projeto de vida sonhado a dois?
Nosso elástico rompe-se com facilidade, sem dar chance ao recomeço? Demora até voltar às suas características iniciais?
Eis a importância da resiliência... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário